CAROLINA SALGADO

Correio da Manh㠖 Continua apostada em colaborar com a Justiça?
Carolina Salgado – Com certeza, já o disse e reitero essa posição, mas não vou entrar em pormenores que apenas à Justiça dizem respeito.
– A nomeação de Maria José Morgado agrada-lhe. Porquê?
– Pelo simples facto de nunca a ter visto a conviver nos salões VIP, quer das Antas quer do Dragão. Essa sua postura e a vontade que manifesta nas entrevistas de chegar à verdade transmitem-me confiança.
– O seu pai, através do ‘CM’, apontou o dedo a Lourenço Pinto, Pinto da Costa e Fernando Póvoas. Quer elucidar-nos?

– O meu pai ficou muito indignado quando soube a situação clínica que passei e só a entendeu depois de conhecer a prescrição médica. Ficou revoltadíssimo.
– Porquê?
– (silêncio) Alguns dos medicamentos que tomei nem podiam ser prescritos em ambulatório. Enfim Mas, como afirmei no livro, tenho provas, originais e não fotocópias, para além de testemunhas.
– Nos últimos dias têm-se multiplicado as críticas negativas à sua pessoa. Como é que reage?
– Assisto a algumas declarações sem grande espanto, considerando os autores, sempre apostados em lembrar o meu passado. Recordo que há tempos eu própria achei digno, mesmo tratando-se de alguém de uma área política diferente da minha, quando Morais Sarmento teve a dignidade de não esconder uma página do seu passado menos boa [ndr: toxicodepência]. Aí, felizmente, foi amplamente elogiada a sua frontalidade.
– Felícia Cabrita, por exemplo, disse que você fala como uma miúda irresponsável
– Apesar de ter assumido uma página menos boa da minha vida, também sei, e só quem de direito o saberá, que nunca nada por mim foi conseguido na posição horizontal. Mas prefiro lembrar e até plagiar, com uma pequena alteração, António Aleixo: “Sei que pareço uma donzela, mas há muitas que eu conheço que embora parecendo que não, são aquilo que eu pareço.” E por aqui me fico.

in "Correio da Manhã",  18 Dez 2006
leia o artigo completo aqui

Tony Carreira  Mickael Carreira  Ana Malhoa Angélico D`zrt  Quim Barreiros

Fórmula1  Floribella  Bob o Construtor  Morangos com Chocolate